Razões para ensinar crianças a administrar gastos

Por que ensinar crianças a administrar gastos?

Existe uma frase um pouco pesada, mas que é muito verdadeira: se você não ensinar educação financeira aos seus filhos, a vida fará seu papel. E, com toda certeza, esse é um risco que você não quer correr.
Crianças que desenvolvem habilidades financeiras desde cedo estarão prontas para os desafios financeiros da vida adulta. Além disso, ao aprenderem sobre o hábito de gerir suas despesas o risco de terem problemas relacionados a dívidas mais tarde na vida será reduzido.
Em outra oportunidade falamos sobre a importância da educação financeira infantil de modo geral. Agora, trazemos quatro motivos para você entender o quão fundamental é ensinar crianças a administrar gastos.

1 – Diferença entre querer e precisar

As crianças são bombardeadas diariamente com apelos comerciais de consumo. É  criado nelas um sentimento de necessitar de coisas, quando na verdade é apenas um querer que vai gerar uma satisfação momentânea.
“Meu filho está com sede e precisa de água, mas, quer um refrigerante”.
“Pai, foi lançado um novo smartphone e eu preciso de um!” Precisa ou quer? O seu estragou, não conecta mais à internet ,ou é por que seu amigo ganhou um novo e despertou em você um desejo de ter também? 
É preciso trabalhar com as crianças o conceito de que precisamos de coisas essenciais para a vida e que não é errado buscar aquilo que nos dê conforto. Mas, os excessos, ou seja, confundir o querer com o precisar, as fará adultos frustrados, viciados na satisfação de desejos momentâneos que fatalmente levarão a um desequilíbrio entre o que ganham e o que gastam.

2 – Construção do hábito de economizar dinheiro

Ensinar crianças a administrar gastos é mostrar a elas que fazendo isso sobrará dinheiro para economizarem. Explique, por exemplo, que assim poderão comprar um brinquedo mais caro em vez de gastar o dinheiro imediatamente em vários doces de vinte centavos.

3 – Disciplina

Crianças que aprendem a gerirem seus gastos desde pequenas tendem a ser adultos mais disciplinados financeiramente. E esta disciplina pode se estender para outros campos da vida.

4 – Priorização

Assim como crianças aprendem sobre disciplina, ao entenderem da importância de gerir corretamente seus gastos elas passam a compreender também o conceito de prioridade. Desse modo, à medida que crescem e vão fazendo planos, saberão dar um direcionamento muito mais adequado ao dinheiro que possuem.

Entendeu a importância de ensinar crianças a administrar gastos?

Alan Greenspan, economista norte-americano, diz que: “O problema número um na economia e geração de hoje é a falta de conhecimento financeiro”. A frase não só resume o que foi dito até aqui, mas mostra também a importância da educação financeira infantil.
Por isso, ensine seu filho a ser um adulto consciente na administração do dinheiro. Nós, da Dindin, temos diversos cursos para ajudar crianças a entrarem nesse universo. Para mais informações, entre em contato.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Importância da educação financeira para as crianças

A importância de ensinar crianças a investir